A AUTOCOMPOSIÇÃO COMO FORMA DE POLÍTICA PÚBLICA

  • Graziele da Silva Souza

Resumo

Com o intuito de construir um Poder Judiciário mais efetivo nas soluções dos conflitos, principalmente do ponto de vista do jurisdicionado, o Conselho Nacional de Justiça tem trabalhado cada vez mais com a incorporação de uma relação de auto composição. Nesta, os indivíduos são direcionados, no momento de fazer suas escolhas e resolverem seus conflitos, a ponderarem os direitos alheios, a promoção do diálogo e acima de tudo o respeito às diferenças. Tornando a efetivação da justiça algo que vai além da legislação, visto que a lei não efetiva justiça.

Biografia do Autor

Graziele da Silva Souza

Advogada. Bacharela em Direito pela Faculdade Ruy Barbosa

Publicado
2018-09-24